Dicas & CuriosidadeE-Commerce

Imediatismo, micro-momentos e experiência do cliente: Desafios do varejo multicanal

Estamos conectados quase na totalidade do tempo e recebemos uma infinidade de informação a cada segundo. Incorporamos a nossos hábitos o uso de ferramentas e dispositivos tecnológicos na mesma velocidade com a qual eles ficam obsoletos, e sequer nos damos conta disso.

Neste cenário, marcas, produtos e serviços estão imersos e precisam, aproveitando o gancho do termo, emergir na mente de cada consumidor. Assim, estratégias bem definidas de posicionamento de marca e conteúdo relevante são fundamentais a quem deseja destaque junto a seu público.

Dados divulgados recentemente pelo Google demonstram que o imediatismo interfere consideravelmente na tomada de decisão – segundo uma pesquisa realizada nos EUA, nos últimos dois anos houve aumento de 80% na busca pelo termo “melhor”.

Esse número demonstra, além do desejo de respostas imediatas (conceito que o Google batiza de micro-momentos), a importância que os consumidores têm atribuído à qualidade dos produtos ou serviços antes de realizar uma compra.

experiência do cliente

Loja física – Antes de ir, dá um Google

Alguns anúncios em mídia OOH (Out of Home) acabaram despertando minha atenção para esse aspecto: Já não faz mais sentido (se é que em algum momento fez) acreditar que o online e o físico estão em choque. Na verdade, a união dos dois tem demonstrado o quanto o varejo pode crescer e ampliar seu alcance nos próximos anos. Nesse sentido, estar bem posicionado nos canais online será um fator crucial na competitividade e conquista de liderança – reviews de clientes, conteúdo e SAC 3.0 – como você tem cuidado disso?

Loja online – Não é apenas preço

Quando falamos em e-commerce, a experiência de compra é prioridade, pois além de consumidores mais informados, críticos e imediatistas, a variedade de players vendendo o mesmo produto é gigante. Além disso, como está a versão mobile de seu site? O uso de smartphones cresce a passos largos – apenas nos três primeiros meses de 2017, quase 25% das compras online foram feitas via dispositivos móveis.

Atualmente, o celular é a principal ferramenta para a tomada de decisão repentina – realizar compras no caminho para o trabalho, no aeroporto, na sala de espera, etc. precisa ser fácil e rápido o suficiente. Do contrário, o concorrente está  logo ali, a dois cliques de distância.

 
Tags
Exibir mais

Aline Oliveira

Jornalista, atua na área de Comunicação da Via Varejo e estuda Marketing Digital. Escreve para o portal Via Varejo Negócios e fotografa para o @umcliquebr (Instagram)

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *