Marketplace

Onde vender: Marketplace ou em Minha Loja Virtual?

Opinião Profissional!

Onde vender: Marketplace ou em Minha Loja Virtual? Uma das dúvidas que mais escuto e leio por aí. Sabemos que em ambos a concorrência é bem grande e pode dificultar nossas estratégias de vendas, mas vamos analisar com calma.

Acredito que vender via marketplaces é uma estratégia de vendas. Estar somente em marketplaces, como é o caso de diversos vendedores do Mercado Livre, que, tem suas características únicas, como a de não unificar produtos iguais, pode ser interessante e tudo depende do foco dado ao seu negócio.

Tenho um post explicando a diferença entre loja virtual e marketplace aqui. 

 

Onde vender: Marketplace ou em Minha Loja Virtual

Vamos direto ao ponto: nos marketplaces você terá de pagar uma comissão por suas vendas, já na sua loja própria não. Porém, dentro dos grandes players do mercado os seus produtos serão vistos cerca de 5 vezes mais do que em seu site. 

Em uma loja virtual própria os investimentos em divulgação tem de ser grandes e o esforço para conseguir conversão, ainda maior. Por outro lado, nos marketplaces é possível utilizar o tráfego de acesso e visitas muito grande para aumentar suas vendas. 

Sempre existirá pontos positivos e negativos nesse negócio. O que devemos levar em conta é o nosso planejamento e foco. Qual o objetivo da marca/empresa? Apenas aumentar vendas, ser mais popular, ser reconhecida por um nível de excelência em seus produtos, ter o menor preço. Enfim,tudo depende do que deseja alcançar.

Existem casos de sucesso de lojas que iniciaram suas vendas com loja virtual, mas, após marcarem presença nos grandes marketplaces do país, cresceram muito. Hoje, algumas delas já são reconhecidas e sólidas no mercado. Efacil é um bom exemplo disso. 

Onde vender: Marketplace ou em Minha Loja Virtual

Sugestão da casa: Marketplace e Loja Virtual

 

Uma excelente estratégia de vendas e divulgação de marca. Assim eu analiso a modalidade de vendas em marketplaces. 

Planejamento de vendas e divulgação de uma loja virtual já deve contar com essa modalidade. Claro que precisamos levar em conta as possibilidades e, principalmente, a margem de lucro que teremos após todos os custos e comissões cobradas pelos players. 

Mas, o aumento de visibilidade, exposição da marca e mais vendas é interessante para criação de uma loja virtual sólida. Por isso, não basta só vender feito água dentro dos marketplaces. Temos que cuidar da nossa loja virtual. Sim, o nosso site deve estar impecável. Pois, após comprar um produto o consumidor certamente irá procurar o seu site e julgar.

O conteúdo da loja virtual deve estar bem feito, usabilidade do site e organização de produtos e categoria também. E não é só isso. Como é o seu pós-venda dentro dos marketplaces?

Capricho na embalagem, de preferência com sua marca na caixa. Um cupom de desconto levando esse cliente direto para sua loja virtual na próxima compra. Tudo isso pode fortalecer a sua marca e aumentar as visitas e conversões do seu site, pois, é isso que importa. Conversão!

 

Levando o consumidor para minha loja virtual

Existem diversas formas de tornar o relacionamento com o cliente o melhor possível, mesmo efetuando a venda via marketplaces. Nesse post falo sobre como estreitar o relacionamento com o cliente no e-commerce, da uma conferida.

Como os marketplaces restringem o acesso aos dados dos clientes uma das melhores formas de impactá-los é realmente com o que vai dentro da embalagem.

Imagina só: o consumidor compra o seu produto em um marketplace, recebe tudo muito bem embalado e personalizado.

Quando abre a caixa verifica que existe um cartão de desconto com um QR Code possibilitando a ele opinar sobre o produto e, o melhor, dando um desconto para a sua próxima compra direto na loja virtual. 

Ou seja, pesquisa de satisfação, captura de dados do cliente no momento da pesquisa e uma possível compra direto em sua loja virtual. O que você acha?

São diversas possibilidades, mesmo vendendo mais nos marketplaces do que em sua loja virtual é possível criar formas de divulgar a marcar. E conquistar mais clientes. Por isso, cuide da sua loja virtual, sempre. E tenha a venda nos marketplaces como uma estratégia e não como salvação da lavoura. #ficaadica e Boas vendas!

Bônus: um post com os 10 erros mais cometidos ao montar uma loja virtual. 

Depois deixe seu comentário sobre o que você prefere. Responda essa dúvida: Onde vender: Marketplace ou em Minha Loja Virtual?

 

 
Tags
Exibir mais

Felipe

Jornalista, apaixonado por conteúdo digital,e-commerce, samba e os amigos de verdade. Aspirante a criador de trocadilho com taxa de acerto em 2%. Atuando no mercado digital desde 2011, com passagens por B2W, Portal Terra, Beleza Store Cosméticos e atualmente integrante da equipe de catálogo de produtos para Marketplace do maior varejo online do país,Via Varejo.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *